Ômegas 3, 6 e 9; Qual é a diferença entre eles?

Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o “3”, seus benefícios ainda são pouco conhecidos. Veja aqui as diferenças entres essas gorduras e seus nutrientes!

Os 3 tipos de ômegas e seus benefícios na alimentação

Ômega 3: Encontrado em grande quantidade em peixes, além das oleaginosas e sementes de chia e linhaça, esse elemento é, segundo a nutricionista Giovana Morbi, o mais importante dos três. Isso por que sua atuação no cérebro contribui para a manutenção das funções cognitivas e da transmissão de impulsos nervosos. “Ele ainda tem ação anti-inflamatória e ajuda a prevenir a depressão, a ansiedade e o mal de Alzheimer”, analisa a profissional.

A deficiência deste tipo de gordura no organismo pode ser tratada por meio da ingestão de cápsulas, mas é preciso estar atento: “As cápsulas de ômega 3 provenientes de óleo de peixe, por exemplo, podem estar contaminadas com mercúrio, além de serem um risco para pessoas alérgicas a peixe. Por isso, é sempre recomendado consultar um especialista antes de tomar qualquer atitude”, salientou a profissional.

Ômega 6: Presente em todas as nossas células corporais – mas não produzida pelo corpo humano -, essa substância deve ser ingerida frequentemente via alimentos fontes, como nozes, óleo de soja ou óleo de canola, por exemplo. Esse nutriente interfere na formação das membranas celulares e da retina, atua na síntese hormonal e colabora para o funcionamento adequado do sistema imunológico.

Ômega 9: Esse elemento é um anti-inflamatório que ajuda a prevenir o câncer e atua contra doenças do coração e contra o envelhecimento precoce das células. O ômega 9 é uma gordura monoinsaturada e recebe essa classificação porque possui uma única dupla ligação de carbono em sua molécula. Isso a torna muito mais flexível e fácil de ser metabolizada, diferente das gorduras saturadas. Suas principais fontes são: óleo de oliva, azeitona, óleo de canola, abacate e oleaginosas (amêndoas, amendoim, castanhas e nozes).

Giovana Morbi é nutricionista, formada pelo Centro Universitário São Camilo e atua em São Paulo. CRN-SP: 34076

 

Equilibrium Produtos Naturais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *